Câmara aprova projeto de permuta de terreno urbano para a construção de delegacia

Em sessão ordinária realizada na noite de segunda-feira (07), na Câmara Municipal de Capão da Canoa, os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei Ordinária 091/2019. A matéria transforma bem público em bem dominical e autoriza o Poder Executivo a permutar terreno urbano com o Estado do Rio Grande do Sul.

O terreno será usado para a implantação de uma Delegacia de Polícia com a possibilidade de serviço de atendimento especializado para mulheres e pessoas vulneráveis. A Câmara está na busca pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Pessoas Vulneráveis, por meio da presidente vereadora Lavina Dias de Souza (PDT), desde o início do ano, tendo em vista a necessidade do serviço em Capão da Canoa.

A pauta de leitura contou com os Pedidos de Providência 190, 191, 192, 193, 194, 195, 196 e 197/2019, o Projeto de Lei Ordinária 092/2019 e as Moções de Apoio 007 e 008/2019. O teor completo das matérias legislativas pode ser consultado pelo site: www.sapl.cmcc.rs.gov.br.

A sessão marcou o retorno da vereadora Juliana Martin (MDB) às atividades legislativas.


Matéria e foto: Júlia Bozzetto/ASSECOM CMCC

Categoria:Noticias