Escritora Léia Cassol encanta alunos e professores em Três Cachoeiras

Cerca de 450 alunos, da educação infantil ao ensino médio das escolas de Três Cachoeiras, participaram, nos dias 1 e 2 de outubro, da Mostra de Trabalhos do Projeto Autor Presente, que esse ano abordou as obras da escritora Léia Cassol. Durante os dois dias, os alunos puderam prestigiar os trabalhos feitos pelos seus colegas a partir da leitura dos livros da autora, além de assistir a contação de histórias realizada pela escritora, que encantou a todos.

Durante o espetáculo, Léia retratou de forma dinâmica, interativa e mágica com muita música, teatro e dança, passagens de suas obras, o que prendeu a atenção de toda a criançada. Após, a autora atendeu todas as crianças, tirou fotos e autografou livros.

Na solenidade de abertura, realizada na manhã de terça-feira (1), a Mostra contou com a apresentação da peça “João e Maria e a fome de cada dia”, encenada pelo grupo teatral da APAE de Três Cachoeiras.

Ainda na cerimônia, o prefeito de Três Cachoeiras, Flávio Raupp Lipert, aproveitou a oportunidade para agradecer o envolvimento de todos na organização da iniciativa e garantiu que a educação é a prioridade da Administração Municipal. “Enquanto os Governos Estaduais e Federais reduzem os investimentos em educação, Três Cachoeiras faz o inverso. Investe em ações como essa, que promovem a qualidade da educação. Além disso, estamos em busca constante de recursos para a construção de novas escolas e melhores infraestruturas para nossos alunos”, concluiu ele.

Projeto Autor Presente

O projeto autor presente é uma iniciativa de incentivo à leitura que tem o objetivo de promover encontros com autores. Léia Cassol foi a escolhida por Três Cachoeiras e diversas obras dela foram trabalhadas pelos alunos de todas as escolas do município, como ‘A menina do cabelo roxo’, ‘Homero’, ‘Histórias de Petipoá’, ‘Beto e Fê’, dentre outras.

Léia Cassol é contadora de histórias e escritora de Literatura Infantojuvenil. Nasceu no Paraná, e entrou no universo da literatura pelas histórias que o pai lhe contava quando era bem pequena. Depois, quando foi para a escola, encontrou uma professora que a encantou com as histórias que estavam nos livros. Cresceu e foi  morar em Porto Alegre, onde começou a trabalhar em editoras. Lia muito, fazia feiras em escolas e contava as histórias que lia. Com o tempo e estudo passou a escrever.

Fez um curso técnico em Guia de Turismo Regional para ter um olhar mais criterioso sobre os lugares e a cultura do Rio Grande do Sul. Atualmente, está desenvolvendo uma pesquisa sobre o Folclore e a Cultura Popular presentes no Estado. Léia Cassol viaja por todos os cantos do RS, o que enriquece seu conhecimento cultural e, nas atividades que realiza nas escolas e em Feiras de Livro, busca repassar seu conhecimento e sua paixão pela história e também pela cultura gaúcha aos alunos, professores e comunidade.

Categoria:Noticias