Sossella e prefeito Maneco em reunião no TCU

O líder da Bancada do PDT na Assembleia Legislativa, deputado Gilmar Sossella, esteve em Brasília durante a semana para tratar de duas questões da área de infraestrutura para o Estado: o programa de concessão de rodovias federais e o acesso à Arena do Grêmio.

O primeiro compromisso ocorreu na quarta-feira (7), com o ministro do Tribunal de Contas da União, Raimundo Carreiro, relator do processo de concessão das rodovias federais do RS. Sossella esteve acompanhado do prefeito de Taquari, Emanuel Hassen de Jesus, o Maneco.

“Precisamos de alternativas para baratear o custo do pedágio porque tivemos uma experiência muito negativa no Rio Grande do Sul. Fizemos algumas sugestões e se necessário estaremos reunidos novamente no TCU para buscarmos a melhor solução para o povo gaúcho”, destacou Sossella, que presidiu a CPI dos Polos de Pedágio na Assembleia Legislativa em 2007.

O prefeito Maneco também citou a necessidade de ampliar o prazo antes de ser lançado o edital de concessão. “Apresentamos as preocupações da região retiradas das audiências públicas que participamos. O programa prevê uma concessão com longo prazo, que precisa ser feita da melhor forma possível, contemplando os interesses da maioria dos cidadãos e das cidades que serão atingidas pela concessão”, avaliou.   

Entre as sugestões dadas ao ministro Carreiro está a participação efetiva do governo federal, com aumento do percentual dos financiamentos via BNDES; a imunidade tributária; a retirada dos serviços de guincho e ambulância; e a inclusão no edital e no contrato de concessão de uma espécie de ‘gatilho’ de tráfego.

Sossella e o prefeito também demonstraram preocupação como está prevista a concessão, que prevê que se houver a necessidade de construção de uma terceira faixa ou de duplicação na rodovia, conforme o volume médio diário de veículos, a concessionária irá repassar o valor ao usuário.

Em fevereiro, o deputado já havia estado no TCU colocando os pontos que precisam ser melhorados e que foram verificados pela Comissão de Representação Externa que presidiu na Assembleia Legislativa em 2017. A reunião havia sido na época com os auditores federais de Controle Externo, Luiz Fernando Ururahy de Souza e Fábio Amorim. O órgão é responsável por avaliar o processo de concessão. 


ARENA DO GRÊMIO – Na quinta-feira (8), Sossella se reuniu em Brasília com o chefe de gabinete da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), César Augusto Santiago Dias, em busca de soluções para os problemas de trânsito no entorno da Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O deputado já liderou mais de oito reuniões em Porto Alegre e na capital federal para tratar do assunto. "Agora a ANTT está com nova diretoria e estamos reafirmando a nossa luta para que possamos o quanto antes ter uma solução para este problema que envolve os bairros Navegantes e Humaitá, na zona norte da capital gaúcha. Falamos não apenas sobre o restabelecimento da Rua Voluntário, onde pilares da estrutura foram erguidos sobre a via, interrompendo parcialmente o tráfego de veículos, mas também sobre a possibilidade de ser realizado um estudo para a construção de uma saída, especialmente em dias de jogos e grandes eventos, diretamente para a BR-290", informou Sossella. 

"Dentro da competência da assessoria do diretor geral Mário Rodrigues Júnior, eu me comprometo a encaminhar para a área técnica que será responsável pela análise do documento e verificar qual a viabilidade que seja atendido", disse Dias.

Sossella também reforçou o convite para que representantes da ANTT compareçam em um dia de jogo na Arena do Grêmio para conferir pessoalmente o problema de trânsito no entorno.



Crédito da foto: Divulgação 


Categoria:Noticias

Deixe seu Comentário