Capão da Canoa. Legislativo aprova suplementação para a Secretaria Municipal da Saúde de mais de R$ 2 milhões

Em sessão ordinária realizada na noite de segunda-feira (05), a primeira do Exercício 2018, a Câmara Municipal de Capão da Canoa aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Ordinária (PLO) Nº 22/2018, que abre créditos adicionais suplementares e crédito adicional especial no orçamento da Secretaria da Saúde para 2018. Também foram aprovadas as composições das comissões permanentes.


O PLO Nº 22/2018 abre créditos adicionais suplementares para aplicação em reformas na Vigilância Sanitária, Posto 24h, Unidade Materno Infantil, compra de equipamentos para a Secretaria da Saúde, além da regularização dos serviços terceirizados, a exemplo do SAMU. Os recursos totalizam R$ 2.355.903,94. O PLO foi votado em regime de urgência, pois os valores não haviam sido previstos no orçamento do Executivo para 2018.


A Comissão de Educação, Saúde, Ação Social, Turismo e Meio Ambiente, ficou constituída da seguinte forma: Presidente – vereador Flávio Lara (PSB), Vice-presidente – vereadora Lavina Dias de Souza (PDT), 1º Secretário – vereador Ronaldo Tita (PPS) e suplente – vereador Itamar Parque Antártica (PTB).


Quanto a Comissão de Constituição, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos ficou definida assim: Presidente – vereador Joel de Matos Novaski (Pardal – PDT), Vice-Presidente – vereador Santana do Gás (PSB), 1º Secretário (a) – vereadora Lavina Dias de Souza (PDT) e suplente – vereadora Juliana Martin (MDB).


Já a Comissão de Finanças, Orçamentos, Obras e Serviços Públicos ficou composta por: Presidente – vereador Atilar Júnior (PDT), Vice-presidente – vereador Otávio Teixeira (PSDB), 1º Secretário – vereador Santana do Gás (PSB) e suplente – vereador Ronaldo Tita (PPS).


De acordo com o Presidente da Câmara, Nenê do Krep (PSB), a primeira sessão priorizou a área da saúde, sem esquecer que as duas sessões extraordinárias realizadas no período de recesso parlamentar atenderam a área da educação e outras secretarias municipais. “No Exercício 2018 vamos continuar desempenhando nosso papel de fiscalizadores das ações do Executivo, buscando sempre o melhor para a comunidade”, enfatizou.


Dez parlamentares estavam presentes na sessão, a única exceção foi a vereadora Lavina Dias de Souza (PDT) que havia pedido dispensa ao Presidente da Câmara. Os Pedidos de Providência 001/2018, 002/2018, 003/2018 e 004/2018, de autoria do vereador Atilar Júnior (PDT) foram lidos e serão votados na próxima sessão ordinária.

Categoria:Noticias

Deixe seu Comentário